Podcast #17: Bate-papo com Prof.ª Gerry Thomas – Energia Nuclear

No episódio de hoje, Marcelo López conversou com a Prof.ª Gerry Thomas, farmacologista com PhD em Patologia, professora de patologia nuclear na Imperial College em Londres e pesquisadora ativa da patologia molecular do câncer. Thomas, que era contra a energia nuclear e mudou de ideia ao longo do desenvolvimento de suas pesquisas, desbanca alguns mitos e inverdades que giram em torno do assunto.

 

A professora começa discutindo os motivos que levam as pessoas a temerem a radiação nuclear de forma exagerada, incluindo aspectos psicológicos, históricos e contextuais.

 

Depois ela fala sobre os riscos que diferentes doses de radiação podem gerar para a saúde e como nos expomos a ela.

 

Prof.ª Gerry Thomas pondera sobre como o estilo de vida e a longevidade levaram a aumento das ocorrências de câncer e como tais fatores se relacionam com a doença em comparação com a exposição à radiação.

 

O acidente de Chernobyl, em voga no momento em função da produção de uma série da HBO que dramatiza o ocorrido em 1986, é discutido em detalhes pela pesquisadora, que estudou o assunto a fundo e realizou pesquisas referentes aos diferentes grupos expostos à radiação e como cada um foi afetado. Ela comenta como que o conhecimento adquirido com o estudo do evento a levou a mudar de opinião e passar a defender a energia nuclear como uma alternativa segura.

 

Pilotos de helicópteros contra incêndio, resgatistas e moradores da região, por exemplo, são grupos que foram atingidos de forma diferente pela radiação. A especialista fala das estatísticas, a ocorrência ou não de câncer associado à radiação nuclear e gravidade de cada caso.

 

O mais recente incidente nuclear, o de Fukushima, no Japão, é então abordado pela pesquisadora que comenta sobre as mortes causadas pelo tsunami e pela evacuação e discute os efeitos da radiação na população.

 

Gerry Thomas traça um paralelo entre os dois acidentes icônicos, em termos de nível de radiação, propagação, forma como afetaram a população e as consequências imediatas e de longo prazo.

 

O que fazer em caso de um acidente nuclear? A especialista dá dicas de como se comportar nessa situação e que contrariam, em parte, o conhecimento popular, mas que podem fazer toda diferença para as chances de sobrevivência e preservação da saúde.

 

Acesse: Oxford Martin Restatement 5: A restatement of the natural science evidence base concerning the health effects of low-level ionizing radiation

 

Para saber mais sobre a L2 Capital Partners, confira nosso site!

O podcast L2 Capital é focado em potenciais oportunidades de investimento do mercado e traz a você conversas inteligentes com grandes líderes sobre suas respectivas áreas de expertise.

 

Siga-nos nas redes sociais:

 

Acompanhe nosso podcast em todas as plataformas:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *