Podcast #22: Mike Alkin – urânio

No episódio de hoje, Marcelo López conversou com Mike Alkin, co-fundador da Sachem Cove Partners e gestor de um hedge fund americano focado em urânio. Mike já acompanha esse mercado há mais de 4 anos como investidor e foi um dos palestrantes do Seminário Internacional de Combustível de Urânio promovido pelo Nuclear Energy Institute (NEI) em Nashville, EUA, na última semana de outubro.

Alkin, que também compareceu ao simpósio promovido pela World Nuclear Association (WNA) em Londres, comentou sobre o relatório bianual divulgado pelos organizadores e sobre as diferenças entre ambos os eventos, com destaque para o comparecimento significativo de compradores de urânio no seminário do NEI sediado nos EUA.

Mike falou sobre sua apresentação na conferência, que teve como tema a descoberta de preços de urânio, ou seja, o processo de formação de preços no mercado de U3O8 sob uma perspectiva macro e histórica. Ele chamou atenção para o fato de se tratar de uma indústria pouquíssimo coberta por analistas de sell-side e que o consenso adotado por eles e pelos compradores de urânio peca em aspectos importantes e falaciosos facilmente refutáveis.

Além de destacar fatores que causam entrave no setor, como a petição da Section 232 e a criação do Grupo de Trabalho para o Combustível Nuclear pela administração Trump, Mike explicou sobre o funcionamento do mercado spot, suas peculiaridades e os movimentos que têm observado em termos de participação de players e volumes negociados em contraste com outros momentos e circunstâncias.

Para finalizar, Alkin discutiu sobre um ponto de grande questionamento dos investidores do setor que é a inatividade dos compradores diante de preços baixos e insustentáveis, na tentativa de se antecipar a uma subida de preços e garantir uma contratação a preços módicos. Mike explica como é estruturada a atividade dos profissionais que atuam como compradores, os incentivos que eles têm e a forma como atuam historicamente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *